FANDOM


Sua jornada os levou a um abismo largo, e Thordan e seu povo começaram a construir uma ponte. Foi então que uma sombra escura desceu sobre eles; o grande ancião Nidhogg. Indiferente de sua própria segurança, Thordan investiu destemidamente na fera colossal. Infelizmente, ele foi empurrado para dentro do abismo por um dos seus, um homem seduzido pelo ancião, e caiu para a morte.
Ser Alberic Bale.

King Thordan I é um personagem histórico em Final Fantasy XIV. Durante os dias da fundação da Holy See de Ishgard, o rei Thordan caiu em batalha com o ancião Nidhogg. Seu filho Haldrath pegou sua lança e exigiu vingança, removendo o olho do ancião. Enquanto a maior parte de sua história seja apresentada nas missões da classe Dragoon sob a forma da lenda da fundação de Ishgard, Heavensward revelou uma verdade obscura por trás da história.

História Editar

Alerta de spoiler: Detalhes sobre a história a seguir. (Pular seção)
FFXIV Thordan Painting

Thordan, primeiro de seu nome, viveu na época da fundação da cidade-estado de Ishgard durante o início da Sexta Era Astral. Duzentos anos antes, através da Santa Shiva permitir que seu amado Hraesvelgr a devorasse para que suas almas permanecessem juntas, havia paz entre os dragões e os Senhores da Terra. Sabendo que a fonte do poder de um grande ancião está em seus olhos, o rei Thordan cobiçou o poder.

Com seus Doze Cavaleiros, eles traíram Ratatoskr e o assassinaram para obter seus olhos, consumindo-os. Nidhogg foi o primeiro a descobrir sobre essa traição e os atacou em uma batalha épica. Thordan e quatro de seus cavaleiros foram mortos, com Nidhogg expulso pela perda de seus olhos. Quando Haldrath decidiu abdicar do trono em remorso pelo que haviam feito, ele e três outros escolheram seguir seus caminhos separados. Os quatro cavaleiros restantes se tornaram servos de Ishgard e fundaram as quatro casas altas.

Com o tempo, a verdade por trás do conflito de Thordan com o ancião foi perdida e revisada pelas escrituras da igreja: o rei Thordan seria retratado como um visionário que levou seus ancestrais a Coerthas em busca da "Terra Prometida", com Nidhogg se pondo sobre eles enquanto tentavam construir a ponte. Thordan enfrentou destemidamente o colossal ancião em batalha que durou sete dias e custou-lhe a vida da metade de seus doze cavaleiros, mas foi empurrado para dentro do abismo por um de seus homens que foi seduzido pelo ancião. Então o filho de Thordan, Haldrath, pegou a lança de seu pai e o vingou, tomando um dos olhos de Nidhogg. Todos os outros detalhes, incluindo o que aconteceu com o outro olho de Nidhogg e o tempo de paz com os dragões, foram omitidos da história escrita, com apenas os maiores oficiais da igreja sabendo o que realmente aconteceu.

Por um milênio, a lenda do Rei Thordan e seus Doze Cavaleiros durou como um pilar de fé entre os membros comuns do Ishgard, quando eles sofreram séculos de guerra por Nidhogg e sua horda. O arcebispo Thordan VII acabaria utilizando a fé na lenda do Rei Thordan e seus Doze Cavaleiros para se tornar un primal.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.