FANDOM


Esse artigo foi marcado como incompleto, você pode ajudar expandindo ele.


Uma jovem que em bendita circunstância coloca sua confiança naqueles que não são deste mundo.
—Description

Rydia, é uma personagem jogável de Final Fantasy IV e, Final Fantasy IV: The After Years. Ela é uma Evocadora da Vila da Névoa, e é uma das personagens mais importantes do jogo.

PerfilEditar

AparênciaEditar

Rydia FMV

Rydia na abertura FMV de Final Fantasy IV.

Rydia é introduzida como uma menina de sete anos vestindo uma saia amarela e um manto branco. Em seus sprites suas roupas são azuis, enquanto são pretos nas artes de Yoshitaka Amano, e verde escuro em seu modelo 3D. Seguindo seu retorno como uma jovem mulher, Rydia usa uma roupa verde com botas de salto dourado e mantos adornadas em estrelas. Durante Final Fantasy IV: The Years After, o vestuário de Rydia é um equipamento verde de peça única que sobe de suas coxas até seu colar, arreganhando os quadris e parte superior do tronco.

Os lançamentos no exterior de The After Years censura sua obra, que incluiu uma saia verde, e abrangeram as áreas expostas do corpo, como foi feito com Porom e Ursula. A abertura para o Final Fantasy IV The Complete Collection usa o seu design. O cabelo das Rydia é verde, na altura dos ombros em Final Fantasy IV e que se estende passado sua cintura em The After Years. Muitas vezes, é complementado por um enfeite de cabelo que tem variado em design.

PersonalidadeEditar

Rydia in Damcyan

Rydia encoraja Edward a seguir em frente.

No começo, Rydia fica furiosa com a morte de sua mãe e desenconta sua raiva em Cecil Harvey e Kain Highwind, apesar das tentativas deles de ajudá-la, mas após Cecil a defende-la Rydia começa a criar laços com ele. Viajando com Cecil, Rydia vê o mundo e amadurece, dizendo para Edward parar de chorar quando ela optou por não chorar. Rydia supera seu medo de fogo após o derretimento de um bloco de gelo no Monte dos Duendes com a magia Fire.

Ela finalmente coloca seu passado para trás em favor de parar Golbez. Rydia passa a considerar as criaturas Eidolons Asura e Leviathan sua família, e até mesmo os apresenta como seus pais para Cuore. Rydia se sente rejeitada e entristecida quando os dois se recusam a deixá-la viver em Feymarch com eles.

HistóriaEditar

Alerta de spoiler: Detalhes sobre a história a seguir. (Pular seção)

Final Fantasy IVEditar

FF4 Novel Mist Ablaze

A destruição da Vila da Névoa na novelização de Final Fantasy IV.

Me deixa sozinha!Eu odeio vocês!
—Rydia para Cecil e Kain durante a destruição da Vila

Rydia nasceu em uma das poucas famílias de evocadores de sangue puro na Vila da Névoa. Sua mãe protegia a vila, com o Eidolon Mist Dragon, mas um dia, o Dark Knight Cecil e seu amigo, Kain, são ordenados a entregar um anel na Vila da Névoa e matarem o Dragão barrando o seu caminho. Sempre que um Eidolon morre, seu evocador também morre e, assim, a mãe de Rydia é morta.

O Carnelian Signet que Cecil e Kain trouxe lança bombs na vila, deixando-a em chamas. Cecil e Kain descobrem o que aconteceu com a mãe de Rydia e oferecem a levá-la em segurança, mas Rydia descobre que Cecil e Kain mataram o dragão, e não aceita a ajuda. Ela evoca Titan que causa um terremoto que inicia um deslizamento de terra nas montanhas a leste, separando Cecil de Kain.

Rydia é ferida e Cecil a leva para o oásis no deserto de Kaipo para deixá-la descansar, mas Rydia se recusa a falar com ele. Soldados de Baron procuram por Cecil, e ele descobre que o Rei de Baron quer que todos os evocadores sejam eliminados, dizendo que eles são perigosos demais para serem deixados vivos. Cecil luta com os soldados e ganha a confiança de Rydia, e ela se apresenta a ele.

FFIV-amano rydiachild

Os dois descobrem que a amiga de infância de Cecil, Rosa, está com a febre do deserto, o que só pode ser curada com uma Pérola da Areia. Ao longo do caminho, Cecil e Rydia ajadam o Sábio Tellah, que os leva a Damcyan. Os Asas Vermelhas atacam o castelo de Damcyan e roubam seu Cristal do Fogo, o único sobrevivente do ataque foi o Príncipe Edward Chris von Muir. Depois de Tellah partir, Rydia e Cecil convencem Edward a ajuda-los a encontrar uma pérola de areia, apenas para membros da realeza de Damcyan podem entrar na Toca da Formiga-leão. Rydia ordena o príncipe covarde para parar de chorar, porque ela fez o mesmo. Depois de Rosa se recuperar, ela se junta à equipe para o seu próximo destino, Fabul.

O caminho pelo Monte dos Duendes, é bloqueado por uma parede de gelo. Apenas Rydia pode derretê-lo com fogo, mas devido ao trauma de testemunhar fogo queimar sua vila, ela se recusa. Com Rosa e encorajando, e a percepção de que mais vidas seriam perdidas se não agir rápido, Rydia supera seu medo. No monte, eles ajudam Yang, um monge de Fabul, que estava lutando contra monstros, e o grupo chega ao castelo de Fabul e avisa o rei que Golbez e os Asas Vermelhas viriam para roubar o Cristal do Ar.

Novel Color Art 2 - Fire and Ice

Rydia invocando coragem para derreter o gelo na novelização.

Durante a Batalha de Fabul, Rydia e Rosa ajudam os curandeiros, até Cecil, Edward, e Yang serem encurralados na sala do cristal por Kain. As mulheres correm para a cena, mas Golbez chega, ferindo os homens, sequestra Rosa, e ordena Kain para levar o cristal do vento. Rydia sai de seu esconderijo para curar seus aliados, e o grupo planeja seu próximo ato.

O grupo navega para Baron em um navio fornecido pelo Rei de Fabul. No caminho, o navio é atacado por Leviathan, e Rydia cai no oceano. O ataque separa o grupo e os destinos de Rydia, Edward, e Yang permanecem desconhecidos. Quando Cecil se reúne com Yang, Yang diz que Rydia foi engolido pelo Leviathan, e o grupo assume que morreu.

Rydia Fake Death

Rydia caindo para fora do navio.

Leviathan leva Rydia ao Feymarch, a casa de todos os Eidolons, onde o tempo passa rápido, enquanto Cecil e seus aliados estão separados de Rydia por apenas um curto período de tempo, anos se passam na Feymarch, e, sob o olhar vigilante do Leviahan, Rydia cresce. Ela afia suas habilidades como uma Evocadora e desenvolve seus poderes de Black Magic, ainda que ao custo de não poder mais usar White Magic. A Rainha dos Eidolons, Asura, diz a Rydia sobre o perigo que Golbez está colocando no mundo, e Rydia deixa o Feymarch e retorna a Cecil para ajudá-lo.

O grupo de Cecil tem viajado até o submundo em busca do Dark Crystals. Um é mantido no Dwarven Castle, e Golbez convoca um Shadow Dragon para derrotar Cecil e seus amigos e capturá-lo. Rydia convoca o Mist Dragon para derrotar o Shadow Dragon e cura Cecil e se une na batalha. Depois de Golbez ser aparentemente derrotado, Rydia explica o que aconteceu com ela, tanto para o alívio de seus amigos. Quando Cecil pergunta porque Rydia ainda gostaria de ajudá-lo depois de suas ações na Vila da Névoa, ela é rápida para não viver no passado, pois, como Asura disse a ela, o perigo colocado no mundo está aumentando, e todos devem ficar contra isso juntos.

Golbez tinha fingido sua derrota e rouba o Cristal. O grupo decide se infiltrar na Torre de Babil e recuperar os sete cristais na posse de Golbez, mas o plano é interrompido por ataques inimigos constantes, e Cecil, Kain, Rosa, e Rydia escapam do submundo através dos sacrifícios de Yang e Cid.

Voltando ao Mundo Superior, o grupo atualiza a Enterprise, com os assistentes de Cid, que permite o grupo explorar a Caverna de Eblan, onde os refugiados da terra atualmente permanecem. O grupo encontra Edge, o príncipe de Eblan, lutando com Rubicante. Edge falha e se reúne com o grupo. Cecil pede a Edge para lutar ao lado deles, mas ele se recusa, insistindo que ele pode trabalhar sozinho. Rydia chora, frustrada que Tellah, Yang, e Cid terem caídos em batalha, e não quer perder outro aliado. Devido a não querer ver tal choro da menina bonita, e depois Rosa o curar, Edge declara que todos são grandes amigos e se junta à equipe.

FFIV Novel Color Art 9 - Rydia's Tears

Rydia chora.

Eles encontram o caminho de volta para a Torre de Babil além da Caverna de Eblan mas apesar de alcançar a câmara dos sete cristais, eles caem através de um alçapão e escapam quando uma segunda aeronave, o Falcon , é descoberto. Chegando de volta ao submundo, os relatórios do grupo para o Rei Giott dos anões, para que lhes tenham permição de pegar o último Dark Crystal na Caverna Selada antes que Golbez possa ter uma chance. Enquanto no submundo o grupo pode optar por visitar o Feymarch e desafiar Asura e Leviathan para ganhar sua ajuda como Eidolons para Rydia.

O oitavo cristal é obtido, mas Kain cai sob o controle da mente por Golbez e rouba o cristal e foge. Depois de um upgrade no Falcon, o grupo volta ao Mundo Superior e vão para Mysidia, onde o Ancião ora por algo para ajudar o grupo. Ajuda vem na forma da Lunar Whale, um navio mágico fornecendo transporte entre Terra e a Lua Vermelha. Cecil, Rosa, Rydia, e Edge viajam à Lua e obtem o apoio de Fusoya, um Lunariano, quando percebem que os oito Cristais chamaram o Gigante de Babil voltam à Terra . O Lair of Father também é na Lua, onde o grupo pode contestar Bahamut, o Pai dos Eidolons, e ganhar o seu poder.

Rydia before final battle ios

Rydia na Lunar Whale.

Após o ataque e destruição do Gigante de Babil, Fusoya revela a história Cecil e de Golbez, e que o verdadeiro mandante desse conflito é Zemus, um desejo de destruição Lunar ímpios da Terra. FuSoYa e Golbez partem para a lua, e Kain retorna para o grupo. Eles se reagrupam a bordo da Lunar Whale, Cecil, Kain, e Edge determinam derrotar Zemus, mas Cecil ordena Rosa e Rydia ficarem para trás para sua própria segurança. Edge diz a Rydia, "Este é um trabalho para os adultos", que a ofende. Quando o Lunar Whale chega à Lua, as mulheres revelam que permaneceram a bordo, afirmando que elas são importantes na batalha. Rydia acredita que eles estão todos lutando por uma causa em comum. O grupo viaja através do Subterrâneo Lunar e derrota Zeromus, a personificação do ódio de Zemus.

Rydia ending ffiv ios

Rydia durante o final (DS/iOS).

Após a paz ser trazida para o mundo, Rydia retorna ao Feymarch, e comparece ao casamento e coroação de Cecil e Rosa. Quando um Eidolon pergunta por que eles têm um aspecto diferente dos seres humanos, ela afirma que ela tinha aprendido com Cecil.

Final Fantasy IV -Interlude-Editar

Após cerca de um ano depois da derrota de Zeromus, Cecil tem um sonho prenunciando o futuro, onde Rydia é banhada na luz do cristal na caverna selada antes de cair inconsciente. Uma voz desconhecida clama: "Finalmente, ele tem uma nova forma". Cecil desperta e sai para a celebração da reconstrução do Castelo de Damcyan, enquanto Rydia é concedida a permissão de Asura no Feymarch para visitar o evento, que ela não é visto participando. Depois de visitar Damcyan e irem para Fabul, o grupo de Cecil é enviado para a Caverna Selada para inspecionar um enxame de monstros, onde encontram Rydia deitada no altar de cristal. Rydia chega e diz que ela não consegue se lembrar de onde estava, e fala enigmaticamente, dizendo para o grupo de Cecil que "eles" estavam chamando ela.

O grupo se pergunta de quem ela se refere, e investigam a Torre de Babil, onde Rydia gradualmente recupera seus Eidolons. Ela começa a agir mais estranhamente e entra na sala de controle do canhão, onde o Deus Ex Machina surge para parar Cecil. Após derrotá-lo, Rydia deixa o grupo para subir a torre, na esperança de encontrá-la. Eles acham Rydia no piso superior e descobrem que ela é uma impostora ao ataca-los com seus Eidolons. Quando Bahamut é convocado, a verdadeira Rydia chega e fala que sente por não poder ter ajudado antes. O impostor desaparece sem ela revelar sua verdadeira identidade.

Final Fantasy IV: The After YearsEditar

FF4PSP Rydia FMV

Rydia na abertura FMV de The After Years no Final Fantasy IV Complete Collection.

Uma evocadora da vila da Névoa, capaz de conjurar Eidolons para ajudá-la. Sua segunda casa é o Reino dos Eidolons, o Feymarch, embora a Rainha Asura decretou que ela deveria viver com seus companheiros humanos. Ela agora se esforça para reconstruir Névoa com a cooperação de Cecil e outros.
—Descrição no jogo

Sentindo que Rydia deva ficar com sua espécie, Asura manda Rydia sair do Feymarch e que ela permaneça com seus amigos humanos. Dezessete anos depois, Rydia está ocupada ajudando a reconstruir a Vila da Névoa. Rydia faz uma visita ao Feymarch apenas para descobrir porque os Eidolons foram petrificada.

Ao voltar, ela descobre que um dos Dark Crystals foram roubados durante a Segunda Batalha do Submundo e fica com Luca em uma caverna para proteger o restante dose cristais da garota misteriosa, que os derrota usando Titan. A menina misteriosa é posteriormente derrotada por um homem envolto em um manto negro que resgata Rydia e Luca, levando-os para a Torre de Babil e dizendo-lhes que os eventos estão se repetindo. A bordo do Falcon, Edge e os Quatro de Eblan aterrissa no navio e diz para Rydia os acontecimentos recentes e reconhece o Homem de Preto como Golbez. Rydia e o grupo decidem recuperar seus Eidolons ao quebrar o selo em volta do Castelo de Baron.

After Rydia

Após resgatar os outros membros do grupo e libertar os Eidolons do controle, Rydia visita Névoa, onde ela descobre que o dragão de sua mãe nunca sucumbiu à menina misteriosa, porque os habitantes da cidade e as crianças têm uma fração do poder de Rydia, e reuniram-se protegendo o Mist Dragon do controle da mente. Esta relação entre ela e os moradores se reúne com o dragão da mãe, que diz que ela nunca vai abandoná-los.

Mais tarde é revelado que há mais de uma menina misteriosa e que elas são conhecidas coletivamente como as Maenad, que foram produzidas em massa pelo Criador à imagem de Rydia. Enquanto viajam através da Verdadeira Lua, o grupo encontra uma Maenad jovem, inocente, que responde a Rydia, à espera de seu comando. Depois que o Criador é derrotado, o grupo escapa da Verdadeira Lua com o Criador os perseguição, mas os Maenads sacrificar-se para destruir o Criador. De volta à Terra, Rydia se preocupa com a jovem Maenad, nomeando-a Cuore, e treinando-a como uma Evocadora.

Os spoilers terminam aqui.



FFI PSP Black Mage Map Este artigo ou seção é um esboço sobre um personagem. Você pode ajudar expandindo-o.

ReferênciasEditar

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 Final Fantasy Ultimania Archive Volume 1, p.153
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.