FANDOM


Esse artigo foi marcado como incompleto, você pode ajudar expandindo ele.


Ricard Highwind, também conhecido como Gareth na tradução de Origins. Ele é o último sobrevivente dos Soldados-Dragões de Deist. Ele é o primeiro Soldados-dragão na série.

PerfilEditar

AparênciaEditar

Não se sabe muito sobre a aparência física de Ricard além de sua pele clara mostrado debaixo de seu capacete. Ele veste armadura escuro espetada azul e roxo e é visto carregando uma lança longa ou em diferentes artes. Seu capacete está decorado com as asas de dragões em cada lado e tem fendas de olhos vermelhos nas versões PS/GBA. Ricard veste uma armadura bronze e azul em seu sprite de batalha no NES e seu retrato mostra-o com um capacete de viseira. Uma versão modificada do sprite de batalha dw Ricard seria utilizado para a classe Dragoon em Final Fantasy III. Seus sprites no PlayStation Portable parecem muito similares a aparência de Kain Highwind.

PersonalidadeEditar


Impresario-ffvi-ios Este artigo é um esboço sobre Final Fantasy II. Você pode ajudar expandindo-o.

História Editar

Alerta de spoiler: Detalhes sobre a história a seguir. (Pular seção)
Ricard and the worm

Ricard antes de lutar contra o Roundworm.

Ricard foi condenada a encontrar o Tomo de Ultima, mas seu navio foi engolido pelo Leviathan. Ele conhece Firion dentro do Leviathan, onde ele protesta à idéia de dragões sendo extinto já que ele mesmo um soldado-dragão. Ele une forças com Firion, Maria e Guy que usam seu navio para sair do Leviathan e navegam para a Torre de Mysidia. Depois de subir ao topo chegarem a porta selada levando ao tomo de Ultima. Minwu já está lá e diz-lhes para ficar longe enquanto ele foca sua energia restante na abertura da porta e depois morre como resultado do excesso de energia. Finalmente, um membro do grupo de Firion aprende a magia Ultima.

O grupo viaja para Fynn onde são informados que o o Imperador esta em um Cyclone. Eles usam um pingente encontrado no cadáver de outro dragão na frente de um grande espelho no Castelo de Fynn para chamar o Wyvern, cujo ovo tinham protegido. Ricard e o wyvern formam uma conexão.

Se o grupo viajar para Deist, Ricard descobre de Elina, a viúva de seu amigo Phillip, e seu filho, Kain, que os dragões e os wyverns foram massacrados por Palamecia, deixando-os como os únicos sobreviventes. Ricard promete voltar depois de derrotar o Imperador para serem uma família. Ricard, acompanhado por Firion e seu grupo, voam no wyvern para o Cyclone e juntos eles derrotam o Imperador.

Quando León tenta assumir o trono de Palamecia, os heróis o confrontam. Quando o Imperador retorna dos mortos como o Imperador Escuro, Ricard ataca-o a cria uma distração, enquanto os outros, acompanhados por Leon, são apanhados pelo wyvern e fugem. Ricard não é páreo para o Imperador morto-vivo e é morto. Se Firion retornar a Deist e dar a notícia à família adotiva de Ricard, eles vão dizer-lhe que eles estão deixando Deist e as muitas memórias dolorosas lá. Na despedida, eles dão a Firion A Excalibur.

No Dawn of Souls e remakes posteriores, Ricard está no céu lutando contra uma criatura verme (semelhante ao que ele luta com o grupo de Firion dentro do Leviathan) quando Minwu e os outros se juntarem a ele. Após derrotá-lo, eles tentam descobrir onde eles estão. Eles enfrentam o Imperador da Luz que pede seu perdão, mas imagens de Elina e Kain dizem a Ricard para não ser enganado pelo Imperador da Luz, porque ele é tão mau quanto o seu lado escuro. Ricard convoca a vontade de lutar contra o Imperador da Luz e o derrota e, finalmente, descansa em paz sabendo que o futuro do mundo está em boas mãos.

Os spoilers terminam aqui.


Impresario-ffvi-ios Este artigo é um esboço. Você pode ajudar expandindo-o.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.