Final Fantasy Wiki
(Trocando infobox)
m (→‎História: removing category per CFD)
 
Linha 19: Linha 19:
 
[[Cecil Harvey]], [[Rosa Joanna Farrell]], [[Edward Chris von Muir|Edward]], e [[Rydia]] chegam ao castelo com [[Yang Fang Leiden|Yang]], o alto monge de Fabul, advertindo ao rei que [[Baron (final Fantasy IV)|Baron]] está em busca do [[Cristal do Vento (termo)|Cristal do Ar]] de Fabul. O rei inicialmente não acredita neles, como ele não confia no Cavaleiro Sombrio Cecil. Yang e Edward convencem o rei que Cecil é confiável, e a [[Party]] ajuda Yang a defender o castelo contra Baron.
 
[[Cecil Harvey]], [[Rosa Joanna Farrell]], [[Edward Chris von Muir|Edward]], e [[Rydia]] chegam ao castelo com [[Yang Fang Leiden|Yang]], o alto monge de Fabul, advertindo ao rei que [[Baron (final Fantasy IV)|Baron]] está em busca do [[Cristal do Vento (termo)|Cristal do Ar]] de Fabul. O rei inicialmente não acredita neles, como ele não confia no Cavaleiro Sombrio Cecil. Yang e Edward convencem o rei que Cecil é confiável, e a [[Party]] ajuda Yang a defender o castelo contra Baron.
   
A defesa falha e [[Golbez]] rouba o cristal do ar. O rei sofreu ferimentos graves, mas fornece a Cecil, Edward, Rydia, e Yang um navio para que eles possam infiltrar-se em Baron. Antes de partir, ele dá Cecil uma espada, o [[Armas de Final Fantasy IV#Deathbringer|Deathbringer]]. O rei adverte Cecil que ele não pode combater o verdadeiro mal, devido a usar uma espada da escuridão.
+
A defesa falha e [[Golbez]] rouba o cristal do ar. O rei sofreu ferimentos graves, mas fornece a Cecil, Edward, Rydia, e Yang um navio para que eles possam infiltrar-se em Baron. Antes de partir, ele dá Cecil uma espada, o [[Armas do Final Fantasy IV#Deathbringer|Deathbringer]]. O rei adverte Cecil que ele não pode combater o verdadeiro mal, devido a usar uma espada da escuridão.
   
 
Durante o final, o rei abdica o trono de Fabul para Yang e se tornar Duque Consorte.
 
Durante o final, o rei abdica o trono de Fabul para Yang e se tornar Duque Consorte.
Linha 28: Linha 28:
   
 
[[en:King of Fabul]]
 
[[en:King of Fabul]]
[[Categoria:Personagens de Final Fantasy IV]]
+
[[Categoria:Personagens do Final Fantasy IV]]
[[Categoria:Personagens de Final Fantasy IV: The After Years]]
+
[[Categoria:Personagens do Final Fantasy IV: The After Years]]
 
[[Categoria:Reis]]
 
[[Categoria:Reis]]

Edição atual tal como às 03h55min de 13 de setembro de 2021

O Rei de Fabul governa o Reino de Fabul em Final Fantasy IV, conhecida por abrigar o Cristal do Ar. O rei foi um grande monge antes de tomar o trono. Em Final Fantasy IV: The After Years ele é conhecido como o Duque Consorte.

História[]

Alerta de spoiler: Detalhes sobre a história a seguir. (Pular seção)

O rei de Fabul.

Cecil Harvey, Rosa Joanna Farrell, Edward, e Rydia chegam ao castelo com Yang, o alto monge de Fabul, advertindo ao rei que Baron está em busca do Cristal do Ar de Fabul. O rei inicialmente não acredita neles, como ele não confia no Cavaleiro Sombrio Cecil. Yang e Edward convencem o rei que Cecil é confiável, e a Party ajuda Yang a defender o castelo contra Baron.

A defesa falha e Golbez rouba o cristal do ar. O rei sofreu ferimentos graves, mas fornece a Cecil, Edward, Rydia, e Yang um navio para que eles possam infiltrar-se em Baron. Antes de partir, ele dá Cecil uma espada, o Deathbringer. O rei adverte Cecil que ele não pode combater o verdadeiro mal, devido a usar uma espada da escuridão.

Durante o final, o rei abdica o trono de Fabul para Yang e se tornar Duque Consorte.

Durante os eventos de Final Fantasy IV: The After Years, ele serve para aconselhar Yang.

Os spoilers terminam aqui.