FANDOM


Papalymo Totolymo é personagem de Final Fantasy XIV. Ele é um Lalafell Plainsfolk Thaumaturge e está constantemente viajando com sua companheira Yda. Ao contrário de sua companheira, ele tem maneiras impecáveis, e está constantemente lembranso sua amiga a se comportar. Ele também é conhecido como sendo capaz de entender a idioma moogle.

Tal como os outros membros do Circle of Knowing, ele tem uma tatuagem em seu pescoço. Atualmente ele é membro dos Scions of the Seventh Dawn.

PerfilEditar

AparênciaEditar

Papalymo CG

Papalymo.

Papalymo é um Lalafell Plainsfolk de estatura curta e robusta com pele clara, cabelo loiro curto, olhos azuis e orelhas pontudas. Ele geralmente usa um manto escuro com guarnições brancas e manoplas amarelas brilhantes (uma combinação normalmente inviável para o jogador, além do equipamento Scion Thaumaturge que pode ser comprado), gaseiros pretos e amarelos, e botas pretas com enfeites de pele de Coeurl. Ele usa um cinto preto com bolsos e uma cantina, uma engenhoca em seu peito e um monóculo no olho direito. Como membro do Circle of Knowing, ele carrega uma tatuagem escura no pescoço.

Durante seus dias incógnito como membro da Resistência Ala Mhigana, Papalymo usava um capuz escuro e botas marrons, mantendo suas manoplas amarelas, mas sem o monóculo.

Personalidade Editar

Papalymo é, em muitos aspectos para irritar Yda, sua atitude cínica e sarcástica, muitas vezes fica desacordo com sua companheira mais animada. Ele é descrito como "mal-humorado" antes de ser apropriadamente apresentado. Papalymo é crítico da situação e privado de detalhes.

Apesar de suas brigas, Papalymo entende bem e cuida de sua companheira, já que foi ele quem ajudou a esconder a identidade de Lyse como Yda, e a marcou com a tatuagem do Circle of Knowing, na esperança de que um dia ela pudesse seguir seu próprio caminho.

HistóriaEditar

Alerta de spoiler: Detalhes sobre a história a seguir. (Pular seção)

Inicio da vidaEditar

Um Lalafell do arquipélago de Sharlayan, Papalymo se formou em segundo lugar em sua classe na academia Studium e veio estudar com o Archon Louisoix Leveilleur, tornando-se seu melhor aluno. Seu pai, um colega thaumaturge, legou a Papalymo um tesouro mantido por gerações da casa de Totolymo: o Cajado Aurifex.

Os Archons ajudaram um grupo de refugiados de Ala Mhigo a se estabelecer em Sharlayan, com Papalymo conhecendo uma jovem chamada Yda que queria libertar Ala Mhigo. Papalymo apresentou-a a Louisoix, o que levou à sua introdução no Circle of Knowing. Seis anos antes da Sétima Era Astral, Yda morreu e sua irmã mais nova, Lyse, conversou com Papalymo para tomar seu lugar. Papalymo concordou com relutância ao usar sua magia para imprimir a tatuagem da verdadeira Yda em Lyse, mas secretamente pediu a todos que fingissem que ela era a verdadeira Yda a seu pedido.

Antes do meteoroEditar

Yda Papalymo 1X

Papalymo e Yda no Black Shroud.

Papalymo e Yda são encontrados no Twelveswood depois de cairem de sua aeronave enquanto viajam para Gridania. Junto com o Aventureiro, Papalymo e Yda são emboscados por lobos antes de serem forçados a fugir de um Treant escondido. O grupo é salvo por E-Sumi-Yan que os guia para a cidade.

Os conjuradores são levados a acreditar que a dupla foi chamada pelos elementais e, portanto, espera-se que façam algo grande para eles. Khrimm, um menino enfurecido com os elementais, os faz suspeitos por um momento. Papalymo e Yda encontram um homem chamado Dunstan e o levam de volta a Gridania bem a tempo do ritual de purificação para salvar Khrimm. O Echo reverbera e os céus ficam pretos, Papalymo comenta que eles "deveriam ter parado, e agora é tarde demais". Yda convence Papalymo de que eles ainda podem encontrar uma maneira de pará-lo.

Papalymo+Yda End of an Era

Papalymo e Yda rezam para os Doze pela salvação.

Papalymo une forças com Yda, Y'shtola e Thancred como o Circle of Knowing na luta contra Gaius van Baelsar, absorvendo as balas de Legatus em seu Aurifex. Se a nação natal do aventureiro é Gridania, Papalymo e Yda falam sobre o maior poder necessário para derrotar os Garleans.

Durante a Calamidade que leva à Sétima Era Umbral, Papalymo e Yda estão na Black Shroud rezando para os Doze para selar o Primal Bahamut.

A Realm RebornEditar

Papalymo Yda Meet Adventurer

Papalymo d Yda encontram o aventureiro no Central Shroud.

Papalymo, Yda, e Kuplo Kopp são encontrados no Central Shroud durante a missão "Chasing Shadows". Ao inspecionar a perturbação no fluxo etéreo da área, eles são atacados por um grupo de Treants. Os dois ajudam o jogador a lutar contra os Treants. Depois de derrotar os monstros, Papalymo e Yda vigiar o Aventureiro depois de desmaiar de um excesso de aether.

Após o Aventureiro acordar, ele e Yda descobrem o cadáver de um Chieftain Ixal e suspeitam que ele foi o responsável pelo ataque monstro. Ele, então, ordena Kuplo Kopp de informar a E-Sumi-Yan sobre a situação. Depois de Kuplo Kopp partir, Papalymo e Yda despedem-se do Aventureiro e retornam para relatar a situação ao seu líder.

Papalymo e Yda não são vistos novamente até a missão "To Guard a Guardian". Durante a busca, ele e Yda aparecem para ajudar o aventureiro durante a batalha contra o Mago Mascarado. Depois de derrotar o Mago Mascarado, Papalymo e Yda descobrem que ele é um dos Ascians que têm manipulado os Beastmens. Durante este tempo, Papalymo começa a suspeitar de alguma coisa, mas se recusa a falar sobre isso para Yda no momento. Papalymo e Yda então dizem adeus ao Aventureiro e voltam a Gridania. Depois de voltar ao Gridania, tanto Papalymo e Yda são vistos no festival Greenbliss na cidade e felicitar o jogador.

Papalymo e Yda não são vistos novamente até a missão "The Scions of the Seventh Dawn" em Western Thanalan. É aqui que o aventureiro descobre que eles fazem parte dos Scions of the Seventh Dawn.

Ele está entre os Scions que são capturados pelo Império Garlean quando Livia sas Junius ataca a sua sede no Waking Sands. Mais tarde, ele é resgatado pelo Aventureiro e Biggs e Wedge, depois ele retoma suas funções com os Scions.

Quando o Scion de são traídos pelos Crystal Braves e acusados pelo assassinato de Nanamo Ul Namo, ele aparentemente sacrifica sua vida ao lado Yda para ganhar tempo para os Scions escaparem.

HeavenswardEditar

As Goes Light, So Goes DarknessEditar

XIV HW Yda and Papalymo

Yda Papalymo.

Depois que os Scions foram acusados ​​da aparente morte de Nanamo Ul Namo, Yda e Papalymo escapam e permanecem escondidos para investigar questões relativas a uma facção dentro da Resistência Ala Mhigana conhecida como "the Masks" e o misterioso mascarado homem conhecido como "Griffin" que os lidera. Papalymo lembra a Yda que eles não podem ficar lá para sempre já que eles têm outras responsabilidades.

Muito mais tarde, enquanto participava de um dos comícios realizados por uma das promessas de Griffin, Yda e Papalymo encontraram Alphinaud e o Aventureiro e se reunem com os Scions bem a tempo de lidar com os Guerreiros das Trevas. Logo depois de retornar ao quartel-general em Mor Dhona, Papalymo pede que ele mantenha o Tupsimati por segurança, já que ele sente um mau presságio.

Depois de saber da trama de Griffin para atacar a Muralha de Baelsar, Papalymo viaja com Yda e Yugiri para os túneis secretos da fortaleza Garlean para tentar negociar com o Griffin. Uma vez que o Griffin revela suas verdadeiras intenções e sua verdadeira identidade como Ilberd, os Scions são incapazes de impedi-lo de sacrificar a si mesmo e seus subordinados para invocar um Primal todo-poderoso com os Olhos de Nidhogg.

Papalymo's sacrifice

Papalymo sacrifica sua vida para evitar o fúria de Shinryu.

Não vendo outra maneira de impedir que o Primal inicie uma fúria desencadeando outra calamidade, Papalymo ordena que todos fujam, pois ele pretende se sacrificar usando o Tupsimati para lançar o mesmo feitiço que Louisoix usou anteriormente para tentar conter Bahamut em Carteneau. Vendo que Yda se recusa a deixá-lo, Papalymo pede a ela como seu último pedido para encontrar e seguir seu próprio caminho, depois exigindo que Thancred a leve embora. Papalymo lança o feitiço e sela o Primal nascente em um casulo de luz, que o drena de sua vida.

No momento em que Omega é encontrado e ativado, a vida de Papalymo terminou com todos os seus feitiços desaparecendo com sua morte. Yda confirma a morte de Papalymo quando a tatuagem de seu pescoço conjurada por ele desaparece, revelando sua verdadeira identidade como Lyse para honrar o pedido final de seu amigo e encontrar seu próprio caminho como seu verdadeiro eu.

Os spoilers terminam aqui.

Jogabilidade Editar

Batalha Editar

Papalymo luta ao lado do Aventureiro como um personagem temporário em algumas instâncias da história das principal de A Realm Reborn. Ele é um Thaumaturge e usa seu cajado Aurifex como arma. Ele pode usar muitas habilidades de Thaumaturge, embora ele possa usar Cure também.

Triple TriadEditar

Papalymo & Yda
FFXIV TT Papalymo & Yda
No. 48
total de status 20
Tipo Scion
Descrição "O grande além! Eu acredito que estamos mortos, Papalymo!""Oh, Rhalgr leve você e seu grande além!"
Obtido Ganho de Vorsaile Heuloix, New Gridania (9,11).
Ganho de Buscarron, South Shroud (17,20).


VozEditar

Em Final Fantasy XIV: A Realm Reborn, Papalymo é dublado por Eri Kitamura na versão japonesa

Na versão em inglês ele é dublado por Steve Staley (creditado como Steve Cannon), Em Heavensward, Papalymo é dublado por Nigel Pilkington.

Outras apariçõesEditar

Pictlogica Final FantasyEditar

Papalymo aparece em Pictlogica Final Fantasy como personagem jogáveis.


Final Fantasy Airborne BrigadeEditar

Papalymo aparece como um Legend em Final Fantasy Airborne Brigade.

Final Fantasy Record KeeperEditar

FFRK Papalymo


Impresario-ffvi-ios Este artigo é um esboço sobre Final Fantasy Record Keeper. Você pode ajudar expandindo-o.

Final Fantasy Trading Card GameEditar

Papalymo TCG

Papalymo aparece como uma carta do elemento terra.

Triple TriadEditar

465a Papalymo & Yda

Papalymo aparece em uma carta disponível pelo Final Fantasy Portal App.

GaleriaEditar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.