FANDOM


LRFFXIII Etro Mural1

Representação de Lindzei.

Lindzei (リンゼ, Rinze?) é uma divindade fal'Cie da mitologia da Fabula Nova Crystallis: Final Fantasy, e é aquele que criou os fal'Cie de Cocoon em Final Fantasy XIII, e o Árbitro Rursan em Final Fantasy Type-0. Lindzei é mencionado pelo próprio nome por Vanille, na seção dos Analectos do Datalog em Final Fantasy XIII; seu nome também é a nomeação de um fragmento de Final Fantasy XIII-2.

A representação dos aspectos e traços de Lindzei são vistos ao longo da série Fabula Nova Crystallis. Os seus aspectos possuem uma grande ligação com o céu/mundo celestial, embora sua tarefa seja proteger o seu criador Bhunivelze e o universo, Lindzei ainda procura o Portão de Etro, porém de suas próprias maneiras. Embora não seja uma divindade criadora, como Pulse, parece que ele pode incentivar a criatividade e a inovação por meio das mentes humanas, como pode ser visto através das civilizações que são avançadas tecnologicamente que são governadas pela divindade, o Império Militesi e o continente flutuante de Cocoon, embora ele seja reconhecido poucas vezes por eles.

GêneroEditar

Lindzei Statue Art

Arte da estátua de Lindzei.

Embora Lindzei seja referido como sendo do gênero masculino na versão inglesa de Lightning Returns: Final Fantasy XIII, o gênero da divindade é ambígua na versão original japonesa do jogo. A mitologia oficial japonesa da série usa pronomes de gênero neutro, e nenhum dos outros jogos da série usam pronomes que possuem um gênero específico para se referir a qualquer uma das divindades, exceto para Bhunivelze e Etro. As estátuas de Lindzei de Final Fantasy XIII são femininas, mas elas podem ter sido feitas baseadas na visão materna que os fal'Cie possuem, e, portanto, não pode mostrar realmente com precisão sua precisão. Ele é referido como um súcubo em um Analecto na versão inglesa, que é um demônio que sempre tem a forma de uma mulher.

Etro é a única divindade dos mythos da Fabula Nova Crystallis que é especificada como uma mulher, e muitas vezes é referida como "a" deusa, dando a entender que ela é a única divindade do sexo feminino dos três fal'Cie criados por Bhunivelze. No entanto, essa classificação só é usada por aqueles que a adoram. Lindzei é representado pelo Jack nos jogos de cartas do Serendipity, um símbolo masculino. O rosto que é visto na metade da foice que Bhunivelze invoca de Lindzei em Lightning Returns: Final Fantasy XIII possui traços andrógenos. Mesmo que dois dos três murais que aparecem nas Dead Dunes pareçam mostrar Lindzei como uma figura masculina, em uma entrevista Yoshinori Kitase revelou que esta figura era, na verdade, Bhunivelze.

DatalogEditar

Ver também: Datalog/Analectos

E eis aqui, a víbora Lindzei trazia presas do solo intocado do nosso Gran Pulse; despojou a terra e dela criou um casulo tanto medonho e imundo.
Mentiras derramadas diante da língua da serpente: "Dentro deste casulo reside o paraíso". Homens ouviram estas mentiras e foram seduzidos e levados.
Os amaldiçoados são os tolos que confiam em uma cobra e dão as costas sobre a generosidade da terra do Reverenciado Pulse! Para aqueles que habitam no casulo não são homens, mas escravos do demônio Lindzei!
Aos que honram Pulse: ascensão ao céus, e a derrubada do ninho de víboras!
- Autor Desconhecido

Como nossos fal'Cie são filhos do Reverenciado Pulse, por isso são os fal'Cie que se escondem dentro de Cocoon a ninhada de Lindzei.
Mas todos os deuses não são iguais
Lindzei é astuto e falso; soberano das serpentes e demônios; um anátema para ser abominado.
Os fal'Cie de Cocoon da linha do Lindzei Caído, ainda que não os poupou. Eles foram traídos como a mesma coisa; órfãos colocados à quando seu Súcubo fugiu deste reino terrestre.
- Um Chamado para a Autoridade

Alerta de spoiler: Detalhes sobre a história a seguir. (Pular seção)

HistóriaEditar

MitologiaEditar

Ver também: Fabula Nova Crystallis: Final Fantasy#Mythos
Mythos5

Bhunivelze criando Lindzei.

Lindzei foi criado pelo deus Bhunivelze, que tinha destruído sua mãe, Mwynn, para ele obter o controle total do mundo. Mwynn foi banida para o Reino dos Mortos, mas algum tempo depois, Bhunivelze começou a acreditar que ela tinha amaldiçoado o mundo fazendo todas as coisas morrerem um dia, até mesmo ele. Bhunivelze queria destruir Mwynn no Reino dos Mortos e criou três fal'Cie para ele: Pulse, Etro e Lindzei. Mesmo que a mitologia chame eles de "fal'Cie", as pessoas os consideram e os chamam de deuses.

Enquanto Pulse ganhou a tarefa de criar o mundo de Final Fantasy XIII e de encontrar a entrada para o Reino dos Mortos; Etro não recebeu nenhum poder, enquanto Lindzei ficou encarregado de proteger Bhunivelze de todas as coisas que querem destruí-lo. Bhunivelze se cristalizou para poder adormecer até que as suas criações encontrem a porta para o Reino dos Mortos, mas, antes disso, Lindzei recebe uma tarefa especial de Bhunivelze: acordá-lo, quando a hora chegasse.

Mythos7

Lindzei criando fal'Cie.

Lindzei e Pulse criaram muitos fal'Cie por eles mesmos; Pulse queria expandir o mundo, enquanto Lindzei o protegia. De acordo com o revelado em Final Fantasy XIII Fragments After, Lindzei desempenhou um papel importante na criação da humanidade quando ele utilizou o sangue que foi derramado de Etro depois que ela se sacrificou para atrair a atenção de seu criador. A partir de então, Lindzei passou a ser adorado como o protetor da humanidade, no entanto, Etro ficou conhecida como a Deusa da Morte.

Final Fantasy XIIIEditar

Lindzei é mencionado pela primeira vez nos Analectos como o criador de Cocoon. O primeiro Analecto, "Os Deuses Desaparecidos", se refere a ele como o "Criador" que criou fal'Cie com o seu próprio poder e, em seguida, a própria humanidade dos vestígios do que foi Divino. Este termo aparece como um sinônimo do status do Lindzei como o criador tanto dos fal'Cie de Cocoon quanto da humanidade através do sangue de Etro. Como os Analectos foram escritos no mundo de Gran Pulse e de acordo com a perspectiva dos cidadãos do mesmo, Lindzei é tratado com grande desprezo, sendo referido como "serpente", "víbora", "Súcubo", "demônio" e "Lindzei Caído" ("Fell Lindzei"). De acordo com os Analectos, ele criou Cocoon a partir de pedaços da terra que foi retirada de Gran Pulse. Lindzei criou outros fal'Cie dentro de Cocoon e convidou a humanidade a viver lá, chamando a sua criação de paraíso. Aqueles que permaneceram em Gran Pulse acreditavam que os cidadãos de Cocoon não eram nada mais que escravos de Lindzei. O Analecto VIII diz que Lindzei não se preocupava com Cocoon e os fal'Cie, e os traiu completamente, deixando-os órfãos.

O Final Fantasy XIII Ultimania Omega revela que as estátuas do Trono Narthex do Orphan's Cradle são de Lindzei e seu símbolo, que é a marca dos l'Cie de Cocoon; a mesma marca que é vista nos vários fal'Cie de Cocoon. As estátuas parecem ser femininas e as próprias se assemelham a marca de Lindzei. Conforme o mencionado no Final Fantasy XIII Ultimania Omega, uma forma feminina de Lindzei se manifesta na primeira forma de Orphan a partir de uma visão sinistra do subconsciente de Barthandelus.

Lightning Returns: Final Fantasy XIIIEditar

Radiante e brilhante Lindzei! Dos alcances longínquos venha a mim!
—Bhunivelze invocando Lindzei

Lindzei é mencionado quando um dos murais das Dead Dunes é mostrado, nele está representado a morte de Etro. Lightning e Fang lembram do papel de Lindzei na criação da humanidade, e Fang explica que o povo de Gran Pulse via a divindade como um trapaceiro que não merecia confiança. Lindzei aparece pessoalmente de na luta de Lightning contra Bhunivelze, se transformando em uma das metades da foice dupla do deus, sendo aparentemente destruído em batalha.

Final Fantasy Type-0Editar

Lindzei é o senhor de Gala, líder do Exército Rursan. O exército sempre aparece quando uma das quatro nações de Orience se torna uma potência mundial, e mata todos o seres humanos nele presentes para tentar forçar a abertura do Portão de Etro com uma enxurrada de almas. Caso isto falhe, Gala seleciona alguma pessoa e a possui, a transformando em um l'Cie e o Árbitro Rursan, que invoca o Tempus Finis para redefinir o mundo e começar um novo ciclo, uma sequência de evento que já se repetiu 600.104.971 vezes.

Durante os acontecimento de Final Fantasy Type-0, o ciclo 600.104.971°, Arecia Al-Rashia, a serva de Pulse, convence Gala a não deixar suas forças atacarem os estudantes da Akademeia que ela escolheu para se tornarem o Agito e abrir o Portão de Etro, retirando assim a chance deles se tornarem l'Cie. Isso altera todos os eventos, sendo que o Árbitro Rursan atual, Cid Aulstyne, é destruído pela Classe Zero. Enquanto o destino de Gala é desconhecido, Arecia removeu os cristais de Orience, acabando com a necessidade do Exército Rursan.

Os spoilers terminam aqui.

GaleriaEditar

EtimologiaEditar

Lindzei pode ser derivado do nome comum Lindsey ou Lindsay. Lindsey é um nome unissex de origem gaélica que é associado com lagos e ilhas, ou, de modo específico, ilhas da árvore Linden.

TrivialidadesEditar

  • A verdadeira forma de Orphan apresenta Barthandelus como uma figura "paterna", e sua própria versão de Lindzei como uma figura "materna".
  • O portão que sempre é mostrado quando o grupo está saindo ou entrando em Cocoon parece ter sido feito a partir de Lindzei.
  • A marca de Lindzei é vista em algumas das paredes da Palamecia e de Eden. Isso pode ser porque ambos são fal'Cie de Cocoon, já que Barthandelus e Menrva também possuem a marca. A marca também é visível em Final Fantasy XIII-2 sob o Raspatil na esfera de carga de Aleph Zero.

ReferênciasEditar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.