FANDOM


Nós jamais deveremos ser acordados.
—Últimas palavras da Tríade da Guerra.

A Guerra da Tríade (War of the Triad em inglês) foi um conflito mitológico em Final Fantasy VI. Embora pouco se saiba sobre ela, esta define as bases para a Guerra dos Magi e, eventualmente, o fim do mundo.

HistóriaEditar

Alerta de spoiler: Detalhes sobre a história a seguir. (Pular seção)

Há muito tempo a Tríade da Guerra desceu dos céus e, temendo um o poder do outro, começou a guerra. Para levarem a melhor, eles escravizaram os mortais para lutar por eles, transformando-os em espers e introduzindo a magia no mundo. Pouco se sabe sobre o curso da guerra além de nenhum dos deuses ter sido capaz de se impor.

Eventualmente os deuses perceberam que sua luta estava causando o caos, e concordaram em selar seu poder para salvar o mundo da destruição. Com o último resquício de sua magia os deuses devolveram o livre-arbítrio dos espers antes de se petrificarem. O alinhamento dos deuses petrificados determina a forma do mundo, então os espers encarregaram-se de mantê-los seguros de quem buscasse despertá-los.

ConsequênciasEditar

A magia continuou viva com os espers após o fim da guerra. Buscando explorar isto para si, os humanos começam a Guerra dos Magi para escravizar os espers. Após a guerra destrutiva, os espers criam o Mundo dos Espers e vão para o exílio, levando a Tríade da Guerra com eles. Por mil anos, a Tríade permaneceria em segurança fora do alcance dos seres humanos.

Isso muda quando o Império Gestahlian invade o Mundo Esper, aprisionando vários deles e forçosamente extraindo seus poderes para criar Magitek. Dezoito anos mais tarde o Império descobre as magicites e reinvade o Mundo Esper, apreendendo a Tríade da Guerra e ascendendo o Continente Flutuante. Kefka tira a Tríade do alinhamento, causando o fim do mundo, e toma o poder para si mesmo.

Por um ano, o então chamado Mundo em Ruínas é governado por Kefka, que usa o poder da Tríade para destruir qualquer oposição. O que resta dos Returners, um movimento de resistência anti-Imperial, confronta Kefka e a Tríade revivida. Um por um, eles derrotam os deuses antes de confrontar Kefka, matando-o e pondo fim ao seu reinado de terror. Com a Tríade destruída, a magia desaparece do mundo, garantindo um futuro seguro de seus poderes devastadores.

Os spoilers terminam aqui.

GaleriaEditar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.