FANDOM


Você é patético e inútil. A escuridão que se esconde dentro de todos vocês é a doença corroendo este planeta. E se você quer morrer com uma morte sem sentido, eu não vou ficar no seu caminho.
—Eald'narche

Eald'narche é um personagem não-jogável da expansão Rise of the Zilart de Final Fantasy XI. Ele é um príncipe de Zilart, o irmão do arquiduque de Jeuno, Kam'lanaut, e, eventualmente, é revelado ser o principal antagonista da história da expansão, servindo como chefe final.

PerfilEditar

AparênciaEditar

Eald'narche aparece na forma de um jovem rapaz, vestindo vestes azuis escuro e preto com revestimentos amarelos e padrões cruzando marrons nas mangas. Ele tem cabelos lisos loiros, e olhos azuis. Seu olho esquerdo é coberto por um tapa-olho, ocultando que sua aparência atual como um vórtice amarelo crepitante cercado por energia violeta.

PersonalidadeEditar

Apesar de sua aparência jovem, Eald'narche é na verdade o irmão mais velho de Kam'lanaut, seu envelhecimento congelado pelo Mothercrystal, e ele age como um irmão mais novo para jogar fora suspeitas de seus verdadeiros motivos.

HistóriaEditar

Alerta de spoiler: Detalhes sobre a história a seguir. (Pular seção)
Ealdnarche 1 (FFXI)

Eald'narche e Kam'lanaut foram os dois primeiros membros de Zilart a perceberem o caminho para abrir o portão dos Deuses. Devido ao "sussurro da alma" sua visão foi transferida para cada um dos membros de sua raça, e eles ansiavam para abrir o portão dos deuses com o poder dos cinco Mothercrystals. Construíram uma torre para focar a energia. Eventualmente, seu plano para abrir o portão dos Deuses foi frustrado pelos Kuluus trabalhando com os Dawnmaidens de Altana, provocando um colapso na Fei'Yin e causando uma explosão cataclísmica que destruiu a grande maioria dos Zilart e muitos dos Kuluu.

Após a destruição dos Zilart, Eald'narche e seu irmão dormiram congelados na torre da câmara de reação do Delkfutt por muitos anos, até Raogrimm reativar os cristais. Quando acordaram, os dois se encontraram em um tempo diferente, com a conexão com Tu'Lia quebrada. Os príncipes não poderiam reparar a conexão, como a existência de Raogrimm estava criando muito "ruído" dentro dos cristais.

Eventualmente, eles viajaram para a cidade vizinha, Jeuno. Os dois príncipes definido, em seguida, sobre como melhorar a sua posição, revelando o conhecimento de Sintese e motores movidos a cristal para o povo. Sua influência transformou a pequena cidade piscatória de Jeuno em uma cidade movimentada em um curto período de tempo. Eald'narche estava contente em ficar em segundo lugar neste esforço, permitindo que seu "irmão mais velho" ganhe os corações e mentes das pessoas. Até o momento dos rumores da Guerra do Cristal começarem, Kam'lanaut já havia se tornado o líder de Jeuno, perdendo apenas para o país natal de Jeuno, a República de Bastok. Quando os Beastmen começaram a se juntar, Kam'lanaut propôs ao presidente que Jeuno deveria se separar de Bastok. Isto permitiu a República concentrar as suas tropas na sua frente interna, e também deu os príncipes Zilartianos o poder que desejavam.

Durante a Guerra do Cristal, Kam'lanaut reuniu os quatro países, os ajudando a se unir sob a bandeira comum das Forças Aliadas de Altana. Foi esta união que permitiu que as Raças Iluminadas terem sucesso sobre os homens-feras, eventualmente, esculpindo um caminho para o Shadow Lord. Quando os homens-fera foram finalmente derrotados, o arquiduque foi saudado como um herói, e os dois príncipes de Zilart tinham ganhado a confiança do povo, exatamente como eles esperavam. Foi esta confiança que lhes permitiu reiniciar seus planos para abrir o portão dos Deuses. Os príncipes de Zilart formaram a Armathrwn Society para este fim, reunindo os poucos Zilart restantes, bem como alguns Kuluu leais.

Vinte anos mais tarde, na Era dos Aventureiros, que o plano dos príncipes iria finalmente começar a dar frutos. o arquiduque contou com a ajuda de um aventureiro enviado para sua região de origem, a fim de obter a Magicite de cada uma das três fortalezas dos homens-feras. Quando este aventureiro derrotou o Shadow Lord uma segunda vez e acabou com sua ressurreição, os príncipes foram finalmente capazes de colocar seu plano em ação.

Quando o Shadow Lord é derrotado, os príncipes Zilart invocam os Guerreiros do Cristal, a fim de derrotar o aventureiro e os outros ali reunidos. Raogrimm, em um ato de expiação, utiliza o resto do seu poder, a fim de retardar os guerreiros e os príncipes Zilart, permitindo que os aventureiros escapem. Acreditando que os aventureiros foram mortos, os príncipes Zilart continuam com o seu plano, a tentativa de reparar o Chrysalis Core na torre de Delkfutt, a fim de abrir o caminho para o Continente Flutuante de Tu'Lia. Enquanto Eald'narche secretamente ordenou a guarda ducal para sequestrar a irmã de Aldo, Verena, a fim de usar seu poder para ressoar com os espíritos dos homens-fera e abrir o caminho. Com a orientação do Kuluu e uma holografia da Dawnmaiden Yve'noile, os aventureiros encontram os príncipes e tentam impedi-los de reviver o Chrysalis Core. Quando Kam'lanaut é derrotado, Eald'narche o descarta, usando Verena a fim de abrir o caminho para Tu'Lia.

Quando os aventureiros chegam a Tu'Lia, eles derrotam os cinco guerreiros do cristal e abrem o caminho para Santuário de Eald'narche. Lá, ele agradece aos aventureiros por ajudá-lo a promover seus planos, e oferece a oportunidade de segui-lo e ajudá-lo a abrir o portão. Quando eles rejeitam, Eald'narche os ataca. Derrotado pelos aventureiros, ele tenta reiniciar a Linha Cristal, a fim de causar outra crise, semelhante ao que o Kuluu fez contra o Zilart. Lion se sacrifica, a fim de impedi-lo, e em seus momentos finais, Eald'narche vê Yve'noile, que lhe dá um sermão sobre a ingenuidade de suas ações. Com ambos os príncipes derrotados, o mundo de Vana'diel foi salvo da ameaça dos Zilart.

Ambos Kam'lanaut e Eald'narche reaparecem na missão "Apocalypse Nigh", disponível apenas para jogadores que completam tanto o Rise of The Zilart e Chains of Promathia e desafiam Bahamut. Ambos os príncipes Zilartian são simultaneamente enfrentados em uma revanche no Empyreal Paradox.

Os spoilers terminam aqui.

BatalhaEditar

Ver também: Eald'narche (Chefe)

Eald'narche é enfrentado duas vezes, primeiro na Missão de Zilart 16: The Celestial Nexus como o Chefe Final, e novamente ao lado de Kam'lanaut na missão Apocalypse Nigh.

Outras apariçõesEditar

Pictlogica Final FantasyEditar


Impresario-ffvi-ios Este artigo é um esboço sobre Pictlogica Final Fantasy. Você pode ajudar expandindo-o.

Final Fantasy Airborne BrigadeEditar

Eald'narche aparece como um chefe e um Legend em Airborne Brigade.


Impresario-ffvi-ios Este artigo é um esboço sobre Final Fantasy Airborne Brigade. Você pode ajudar expandindo-o.

Theatrhythm Final Fantasy Curtain CallEditar

Theatrhythm CC Eald'narche
Um menino misterioso que tem os olhos únicos que esconde um sorriso frio que parece ridicularizar tudo o que ele vê. Ele não se importa com o que acontece com este mundo inútil ou seu povo, desde que ele possa ter sucesso em abrir o Portão dos Deuses...
—CollectaCard de Eald'narche

Eald'narche aparece como um inimigo durante BMSs.
Impresario-ffvi-ios Este artigo é um esboço sobre Theatrhythm Final Fantasy Curtain Call. Você pode ajudar expandindo-o.

Final Fantasy Trading Card GameEditar

Eald'narche aparece em duas cartas do elemento Dark.

Aparições fora da sérieEditar

Lord of VermilionEditar

Eald'narche aparece como uma carte em Lord of Vermilion II.

GaleriaEditar

TrivialidadesEditar

  • Na expanção Chains of Promathia, os oficiais Jeunoan não reconhecem o desaparecimento de Kam'lanaut e Eald'narche, afirmando que eles estão ou "ausente" ou "ocupado", e todos os assuntos oficiais são presidida pelo Duque Vicarious Esha'ntarl. Isto é devido ao fato de que os jogadores não podem ter concluído o Rise of the Zilart, isso é deviado ao jogador poder fazer as missões de Chains of Promathia sem completar a expansão Rise of the Zilart, embora é possível que a Sociedade Armthwyn não queria alertar o público quanto ao desaparecimento de seu governante..
  • Tanto Kam'lanaut quando Eald'narche foram considerados para aparecer em Dissidia 012 Final Fantasy como representantes de Chaos, mas foram regeitados a favor de Prishe.[1]

ReferênciasEditar

  1. http://www.famitsu.com/news/201101/29039861.html
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.