Final Fantasy Wiki
Advertisement

Se eu pudesse proteger, mas uma pessoa do horror da guerra... então eu iria suportar qualquer vergonha. Eu iria suportá-la com orgulho.
—Basch fon Ronsenburg

Basch fon Ronsenburg é um personagem jogável de Final Fantasy XII e Final Fantasy XII: Revenant Wings. Um cavaleiro desonrado, Basch teve seu nome arruinado por toda Ivalice quando ele foi acusado pelo assassinato do Rei Raminas B'nargin Dalmasca, contribuindo para a queda do Reino de Dalmasca. Seu passado é expandido na versão em mangá.

Perfil[]

Aparência[]

Eu não poderia defender a minha casa. O que é vergonha para mim?
—Basch

Basch.

Basch é um homem de 36 anos de idade. Ele tem cabelo loiro longo penteado para trás, barba e cavanhaque. Quando encontrado ele está com a barba grande, mas depois de entrar para o grupo ela é cortada. Basch tem uma longa cicatriz na sobrancelha esquerda. Basch é visto com em uma variedade de roupas, sendo primeiro sua armadura de Cavaleiro de Dalmasca. Como prisioneiro, ele usa um par de calças e sem camisa, revelando cicatrizes proeminentes sobre seus ombros e na parte superior das costas. As Basch roupas que ele usa durante a maior parte do jogo se assemelha a um Sainikah de Bhujerba. Mais tarde, ele aparece em uma armadura de Judge Magister.

Personalidade[]

Basch tem um senso de lealdade feroz e de forma profissional. Ele age de acordo com o código de um cavaleiro dedicando-se a restaurar o país que ele serve. Ele é altruísta, priorizando os outros à custa de sua própria reputação. Basch se esforça para cumprir as promessas e os comandos de seus superiores, amigos e familiares, independentemente da solicitação ou das circunstâncias.

História[]

Alerta de spoiler: Detalhes sobre a história a seguir. (Pular seção)

Início da vida[]

Basch e Noah.

Nascido em 670 na República de Landis, Basch cresceu com seu irmão gêmeo idêntico, Noah fon Ronsenburg, e sua mãe doente. Embora gêmeos idênticos, Basch era considerado o mais velho, tendo nascido primeiro. Eles viveram em paz até que em 687, dezenove anos antes dos eventos de Final Fantasy XII, o Império Archadiano atacou Landis.

Basch deixou Landis para treinar em Dalmasca, na esperança de restaurar sua antiga pátria como soldado dalmasco. Ele se juntou à Ordem dos Cavaleiros de Dalmasca e, com o tempo, foi promovido a capitão. Landis caiu e Basch assumiu que sua mãe e seu irmão foram mortos ou escravizado pelo Império.

Protegendo Dalmasca[]

Basch se revela.

Basch dedicou sua vida a proteger seu país de adoção e sua realeza, o rei Raminas e sua filha, Princesa Ashelia. Como dito no mangá de Final Fantasy XII, Basch e Vossler lutaram em uma guerra contra os Urutan-Yensa de Sandsea há dez anos. Antes da união entre Ashe e o Senhor Rasler de Nabradia, a facção Neo-Rozarria surgiu em Nabradia, acreditando que a lealdade política proposta para Dalmasca seria melhor colocado com o Império de Rozarria para evitar a guerra com o Império.

A facção planejava assassinar o rei Raminas para evitar que a união não aconteça e fixando o assassinato em Archadia para enviar que tanto Dalmasca quanto Nabradia não fiquem nas mãos de Rozarria. A Ordem dos Cavaleiros interceptou o plano e Basch atrai o assassino. O movimento Neo-Rozarriano foi derrotado, mas a ameaça Archadiana surge no horizonte.

Final Fantasy XII[]

Basch planejar o contra-ataque de Nalbina na abertura.

Com a tentativa de assassinato frustrada, a facção pró-Rozarria em Nabradia abandonou a sutileza e se levantou em um rebelião aberta no ano 704. O Império Archadiano, sob o pretexto de restaurar a ordem no país, respondeu invadindo Nabradia após o envio das tropas Rozarrianas lideradas para a capital, Nabudis. Depois que a capital foi destruída em uma explosão de Névoa por ordens do Doutor Cid para o Judge Zecht. Sabendo que Dalmasca seria o próximo, Basch conduziu o exército para lutar contra o Império na batalha de Nalbina Fortress acompanhado por seu novo Príncipe, Senhor Rasler.

Como dito no mangá, a batalha começou com os defensores usando uma combinação de aeronaves kamikazes sem tripulação e cheias de óleo, o uso de flechas em chamas, e um Chocobo de carga para limpar a vanguarda Archadiana. Quando o corpo principal do exército Archadiano chegou, amparado por dois Judges Magisters, uma pequena força-tarefa sob comando do Judge Zargabaath foi teletransportado para Nalbina Fortress com a intenção de desabilitar o Paling. Rasler ouviu o conselho de Basch e correu de volta para Nalbia, mas o exército Archadiano, atacou e entrou na fortaleza antes das defesas serem totalmente preparadas, e, com sua atenção dividida, os dalmascos foram incapazes de impedir que a força-tarefa desativá-se o paling. Os Judges Bergan e Drace lideraram uma ordem de empurrar os dalmascos de volta, e Bergan enfrentou Rasler em um luta, enquanto Basch lutou com Drace. Rasler e Basch se retiraram da fortaleza, mas o com o caos, Rasler foi atingido por uma flecha Archadiana. Rasler e Basch escapam para a capital de Dalmasca, Rabanastre, mas Rasler morreu por causa de seu ferimento. Com a queda de Nalbina, os Archadianos planejaram forçar Dalmasca a aceitar um tratado de paz injusto.

Gabranth cicatriza Basch.

O herdeiro do Império, Vayne Solidor, desejava conquistar Dalmasca e traçou um plano para assassinar Raminas. Vayne vazou rumores de assassinos para as forças de Dalmasca, e Basch liderou uma força para Nalbina Fortless junto com seu amigo de longa data Vossler Azelas. De seus poucos soldados restantes um deles era um jovem chamado Reks que lembrou Basch de seu irmão, Noah. Conforme eles faziam seu caminho através da Fortaleza Basch disse a Reks sobre seu arrependimento de deixar Landis, e não sabendo se Noah ou a sua mãe sobreviveram.

Basch correu para Raminas enquanto suas forças ficaram para trás para lutar contra os Archadianos. Na câmara do rei Raminas Basch foi atacado, e quando ele reconheceu o estilo de luta de Landis, ele chamou seu irmão pelo nome: Noah, se recusando a reconhecê-lo alegando que ele é agora Gabranth, um Judge do Império. Gabranth derrota Basch, cicatrizando sua testa acima do olho esquerdo. Com Basch incapacitado, Gabranth matou o Rei se passando por seu irmão gêmeo. Quando Reks chegou ele viu o rei ser assassinado e foi atacado por Gabranth, acreditando ser Basch o culpado enquanto o verdadeiro Basch foi levado para outro lugar.

Basch foi responsabilizado pela morte de Raminas e ficou conhecido como o "Assassino de Reis". As negociações de paz se desfez e as forças Archadianas ocuparam Dalmasca. Basch foi considerado culpado de incitação de sedição, o assassino do Rei Raminas, e alta traição e Archadia anunciou que o executou. Na realidade, Basch estava sendo mantido prisioneiro em Nalbina Dungeons para garantir a lealdade de Bhujerba com o Império, como o seu Marquês Ondore era o único que tinha anunciado que tanto Basch quanto Ashe estavam mortos.

Basch preso em Nalbina Dungeons

Dois anos depois, um ladrão de rua, Vaan e seus aliados com os Sky Pirates, Balthier e Fran descobrem onde Basch está sendo mantido quando o trio vê Gabranth conversando com ele preso, o informando de que o Império capturou uma mulher da resistência, "Amalia". Na sequência Gabranth deixa Basch e o grupo o liberta. Vaan grita com o cavaleiro desonrado culpando-o pela morte do seu irmão, Reks, e a queda de Dalmasca. O tumulto atrai os guardas e Fran derruba a gaiola com todos para o fundo da masmorra. Livre da gaiola, Basch se junta à equipe e eles tentam escapar da Barheim Passage. Basch explica que o Império culpou ele em uma emboscada e Balthier acredita nele, Vaan permanece céptico.

A aparência de Basch em Barheim Passage

Em Rabanastre Basch sai para falar com a resistência local e quando Vaan oferece a Espada da Velha Ordem para Vossler, um líder da resistência, ele encontra Basch no esconderijo tentando convencer seu velho amigo que ele não matou Raminas, e que eles precisam salvar "Amalia". Relutante, Vossler dá a Basch a Espada da Velha Ordem, o que implica que ele deseja entregá-la ao Marquês Ondore, líder de Bhujerba; embora Bhujerba seja oficialmente aliada com o Império, o Marquês funciona como um simpatizante com a resistência à paisana.

Basch pede a Vaan para acompanhá-lo, uma vez que ambos têm objetivos em Bhujerba e Vaan começa a acreditar na inocência de Basch. Basch acompanha Vaan, Balthier e Fran para Bhujerba para resgatar a amiga de Vaan, Penelo do Ba'Gamnan, um caçador de recompensas implacável, e em sua jornada para as Lhusu Mines o grupo é acompanhado por um jovem chamado Lamont. Dentro das minas descobrem que Penelo não está mais sob a captura de Ba'Gamnan e depois de escaparem da gangue do Ba'Gamnan e descobrirem a verdadeira identidade de Lamont como Larsa Solidor, irmão mais novo de Vayne e o segundo na linha de sucessão ao trono de Archadia, o grupo se concentra em encarregar Basch de entregar a Espada da Velha Ordem para Ondore, como Vaan descobre que Larsa levou Penelo à propriedade de Ondore. Com a ajuda de Vaan eles garantem uma audiência com o Marquês e para se encontrarem com "Amália", que esta com o Judge Ghis, no Dreadnought Leviathan que está atualmente ancorado na skycity, o grupo é aprisionado sob o pretexto de ajudar o Império a pegar os fugitivos de Nalbina Dungeons. No mangá, Vaan, Balthier, Fran e Basch são levados diante de Ondore, Basch explica que há alguém a bordo do Leviathan que ele quer resgatar. Ondore confessa que o prisioneiro é importante para ele também, e Basch finge um ataque contra Ondore dando o pretexto para ele chamar seus guardas e serem levados pelos Archadianos.

Basch se encontra com Ashe no Dreadnought Leviathan.

Basch se encontra com "Amalia" e Vaan e os outros ficam surpresos ao saber que ela é a Princesa Ashe. Identificando-o como o "Assasino de Reis", Ashe dá um tapa na cara de Basch. Ghis conta ao grupo sobre como isso seria valioso para Vayne, mas Ashe não tem nenhuma prova de sua linhagem. Basch diz que existe tal prova, o Dusk Shard do Rei da Dinastia Raithwall, e ele foi instruído a entregar a Ashe pelo Raminas se necessário. A Magicite da Deusa que Vaan havia roubado do Palácio Real de Rabanastre é revelado ser a Dusk Shard, apontando Ashe como parente de Raithwall e a herdeira legítima do trono de Dalmasca. Ghis descobre e ordena que o grupo seja preso.

Vossler, disfarçado de cavaleiro imperial, liberta o grupo e juntos eles resgatam Ashe, a quem Vossler jurou proteger, e Penelo, que veio a bordo do Leviathan com Larsa, se junta à equipe. Ashe ainda está irritada com a presença de Basch, mas ele jura sua inocência e lealdade com Dalmasca e, portanto, a ela. Depois de derrotar Ghis e escapar do Leviathan em uma nave pilotada por Balthier com Vossler ficando para trás para garantir a sua fuga, confiando a segurança de Ashe nas mãos de Basch. Eles voltam para Bhujerba onde Ashe é devolvida ao Marquês.

Ashe deseja recuperar o trono de Dalmasca, mas não pode fazer sem provar de sua linhagem. Em sua busca para localizar o Dawn Shard, outro pedaço de Nethicite deificado pertencente ao seu antepassado, ela persuade Basch e os outros para acompanhá-la a Tumba de Raithwall. Depois de adquirir o Shard o grupo é emboscado pelo Império como resultado da traição de Vossler, agora cooperando com o império, e o grupo é novamente preso a bordo do Leviathan e o nethicite é tirado deles.

Vossler revela que ele está trabalhando com o Império para restaurar a paz e a ordem para Dalmasca. Basch fica furioso, mas o grupo é transferido para a Shiva, enquanto Ghis testa a nethicite, colocando-a no motor do Leviathan. Induzida por névoa, Fran ajuda o grupo a escapar, mas Vossler se recusa a deixá-los fugirem, forçando Basch a derrotar o seu antigo aliado. O derrotado, Vossler pede a Basch para proteger a princesa em seu lugar, e explica que tudo o que ele fez, ele fez por Dalmasca. Basch diz que nunca questionou a lealdade de Vossler ao reino, e que ele irá proteger a princesa. Basch e grupo deixam Vossler para trás e fogem do Shiva em um nave de transporte. Após a explosão de Névoa desencadeada pelo superaquecimento do Dawn Shard destruir toda a frota imperial, o grupo recupera o Shard, mas ele perdeu o seu brilho.

Na adaptação do mangá Vossler entrega a Dawn Shard para Ghis e revela que Vayne concordou em restaurar Dalmasca com Ashe como governante em troca do Shard. Ghis testa a nethicite enquanto Vossler leva o grupo para seus aposentos. Fran enlouquece pela névoa lançada pelo Dawn Shard e o grupo incapacita seus guardas. Basch e Vossler duelam e o grupo foge para a uma aeronave. Vossler ganha usando magia a Balance que quebra a espada de Basch, mas através da força de vontade e da névoa em torno deles, Basch cria uma lâmina de Névoa do punho da espada e continua a lutar. Basch corta Vossler. Vossler confia a proteção de Ashe para Basch, dizendo-lhe que ela atualmente é muito fraca para manter o trono, e Basch deve ajudá-la em sua missão. A reação do Dawn Shard provoca falhas em cadeia e a aeronaves explode, Ashe e seus amigos fogem em uma nave de volta para Dalmasca. Como o mangá foi cancelado, isso serve como o final para a adaptação.

O grupo retorna para Dalmasca onde Basch mantém um perfil baixo, mas se mantém fiel à sua promessa de Vossler em proteger Ashe. Ele a acompanha para Jahara para aprender sobre o nethicite com os Garifs, e seus caminhos se cruzam com o Lorde Larsa de que deseja um fim para o conflito e que Ashe se torne a Rainha de Dalmasca para propor a paz ao Império. Eles vão para Mt Bur-Omisace com a companhia de Larsa ao encontro de outro aliado político, Al-Cid Margrace de Rozarria. Antes de sair, Basch questiona as intenções de Balthier temendo pela segurança de Ashe.

Basch e Ashe discutem a possibilidade de uma trégua entre o Império e Dalmasca e enquanto Basch apoia a ideia de paz, Ashe permanece incerta. Em Bur-Omisace eles descobrem que Vayne conseguiu assassinar o Imperador Gramis e dissolveu o controle absoluto do senado imperial assumindo Archadia. O plano para uma resolução pacífica, assim, frustrado. Armados com a Espada dos Reis que o grupo encontrada no Stilshrine of Miriam o grupo se propõe a destruir a arma mais poderosa do Império, a nethicite.

No Draklor Laboratory o grupo descobre que o Doutor Cid, pesquisador de nethicite do Império, não consegue destruir o nethicite, depois eles vão até Giruvegan onde descobrem o desejo dos Occuria para Ashe de empunhar a nethicite para destruir o Império. Os Occuria, que se consideram os deuses de Ivalice por sua imortalidade, encarrega Ashe com mais peças de nethicite, o Sun-Cryst, e Basch acompanha sua princesa as Cataratas de Ridorana ao lado de um sábio sky pirate, Reddas.

No topo do Pharos Gabranth embosca o grupo. Depois de lecionar Ashe de como ela não pode fazer nada enquanto ela não poder defender seu reino, Basch diz que ele irá proteger tanto Ashe quanto Dalmasca. Gabranth afirma que Basch é impotente desde que ele falhou tanto com Landis quanto com Dalmasca, e lembra a Basch ele foi difamado pelo povo que ele lealmente serve, e que matar verdadeiro assassino do rei não irá recuperar a honra que ele perdeu. Basch reconhece isso, dizendo que ele irá suportá-la de bom grado. Gabranth é derrotado e o Doutor Cid chega pedindo para Gabranth sair. Cid junta os pedaços de nethicite deificado em posse da Sun-Cryst, que começa a espalhar Névoa, que desperta o Sky Fortress Bahamut, a mais nova nave de guerra do Império, mas Reddas sacrifica sua vida para destruir o Sun-Cryst, terminando a era da nethicite em Ivalice.

Basch-and-Gabranth.png
Basch e o grupo entram no Bahamut para enfrentar Vayne que está prestes a se envolver em uma batalha com a resistência do Marquês Ondore em Rabanastre. Em seu caminho até o canhão de superestrutura eles são abordados por Gabranth que questiona Basch sobre sua capacidade de manter sua honra. Basch diz que tudo que ele tem feito é proteger aqueles que ele jurou proteger e pergunta o que ele, Gabranth tem protegido, sugerindo que ele deve se concentrar em proteger Larsa. Gabranth ataca o grupo e é derrotado. O grupo deixa Gabranth ferido para trás e confronta Vayne. Larsa se junta a luta do lado de Ashe. Gabranth enfraquecido segue o mesmo caminho e testemunhar Vayne disposto a matar Larsa, ele se junta na luta contra Vayne, mas é mortalmente ferido.

Vayne é derrotado, e o grupo escapa do Sky Fortress Bahamut. Em seu leito de morte Gabranth pede a seu irmão para proteger Larsa e Archadia. Acreditando que Ashe, agora pode tomar seu trono e deixar de exigir a sua proteção, Basch cumpre o último desejo de seu irmão e ocupa a identidade de Gabranth e a posição do Judge Magister, se tornando o guarda pessoal de Larsa vestindo armadura de Gabranth.

Final Fantasy XII: Revenant Wings []

Basch em Revenant Wings

Basch trabalha com o Império sob a identidade de seu falecido irmão, servindo como guarda-costas do Lorde Larsa. Basch orienta seu imperador em toda Ivalice para lidar com a nova ameaça, o Judge of Wings. O grupo de Vaan se encontra pela primeira vez Basch sobre o novo Dreadnought Leviathan em Lemures. Basch diz da ameaça crescente dos sky pirates usando os Yarhi e Auracite para causar estragos em toda Ivalice. Depois de descobrir que o grupo teve experiência em lidar com os Yarhi, ele pede sua ajuda, enquanto o Império pesquisa sobre os Yarhi e volta para Archadia. Quando ele protege e ajuda Vaan, Basch pilota o Leviathan para Ivalice onde ele diz ao grupo que vai assumir um outro membro no momento da chegada.

Basch apresenta-os para Lorde Larsa e os informa da edição atual do Império: o Judge of Wings está piorando a imagem pública do Império, e, assim, Basch e Larsa imploram para detê-la. Penelo expressa o quão satisfeita ela está ao lutar ao lado de Basch novamente, enquanto Filo admite que ela acha sua armadura Archadiana intimidante. Vaan promete continuar chamando Basch de "Basch", apesar de seu título oficial como Judge Magister.

Todos se reúnem na ponte do Leviathan para discutir o seu conhecimento do Judge of Wings. Basch aconselha Vaan a procurar um homem em Giza Plains. Basch é surpreendido quando lemures permaneceu desconhecida por tanto tempo em um mundo cheio de aeronaves, e acredita que o disfarce de Mydia como um Judge de Archadia não podia ser mera coincidência.

Basch e Ashe em um FMV

Depois de descobrir que Mydia foi vista pela última vez em Kerwon e se aventurarem para o Paramina Rift na esperança de desenterrar pistas sobre seu passado. Depois de descobrir o memorial de guerra em Nalbina Fortless, Basch e Ashe concluem que Mydia tinha visitado Paramina Rift para prestar homenagem ao seu amor caído, Velis. Mydia chega vestida com a armadura do Judge of Winged e dizendo que ela deixou seu anima em lémures, e convoca vários Zumbis para atormentar Basch com culpa sobre seus companheiros mortos. Basch vê através da ilusão e quebra o feitiço de Mydia determinado a olhar para o futuro e não para o passado. Mydia escapa e Basch retorna ao memorial de guerra. Fran o conforta, dizendo que os zumbis de Mydia não eram os soldados de Nalbina, mas um fruto da ilusão Yarhi.

Ao passar pelo Roda Volcano eles descobrem a Feol Warren e enfrentam tanto Chaos e Mydia. Depois de derrotá-la, Basch concorda ao lado de Ashe e Balthier para honrar os desejos de Mydia e matar Feolthanos, a entidade que fez Mydia assumir o papel de um Judge. Eles viajam para o Keep of Forgotten Time para matá-lo e Basch insiste que eles não devem virar as costas para perturbar as ilusões de Feolthanos e incentiva o grupo a continuar seu esforço. Em sua posição final contra Feolthanos, Basch supera o sofrimento como sua razão para lutar. Depois Feolthanos é derrotado lemures caí do céu. Basch volta a Ivalice com Ashe e é visto pela última vez na aeronave ao lado do Lorde Larsa.

Os spoilers terminam aqui.

Jogabilidade[]

Character model.

Em Final Fantasy XII Basch aparece como personagem jogável temporariamente, mas logo se torna um membro permanente do grupo. Sua Força e HP estão entre os maiores dos personagens jogáveis, mas suas estatísticas mágicas, Vitalidade e Velocidade são baixos para compensar.

Em Final Fantasy XII: Revenant Wings Basch tem altos atributos físicos, equipa armadura pesada e elmos e empunha lâminas e espadas de cavaleiro, lançando-o como o atacante pesado do grupo. Ele tem várias habilidades defensivas, bem como ataques poderosos, tornando-o semelhante a um Paladino. Seu Quickening, Apocalypse Shield, faz seu grupo temporariamente invencível. Pode ser obtido ao derrotar o Esper Zalera.


Criação e desenvolvimento[]

Arte conceitual de Basch.

A aparência de Basch passou por vários rascunhos. Originalmente concebido com uma armadura e motivo aparentemente inspirado por velhos cavaleiros ingleses, Akihiko Yoshida desmantelada este olhar em favor do uniforme Bhujerba Sainikah. Penteado de Basch também mudou, como sua cicatriz que parecem ser inexistente em conceitos iniciais.

Voz[]

Keith Ferguson como Basch
Música

Basch é dublado por Keith Ferguson em Inglês e por Rikiya Koyama em japonês.

Basch, juntamente com Balthier e Ashe, tem fala em Inglês formalizada em contraste com a de Vaan e Penelo que tem um estilo mais casual. Em japonês, Balthier, Ashe e Basch usam uma forma formal, mais velha do que Vaan e Penelo usam.

O único ponto de desacordo entre os tradutores e os desenvolvedores japoneses originais girava em torno decisão dos tradutores para ter o ator que interpretou Gabranth (Michael E. Rodgers) imitar o a voz do irmão gêmeo, Basch (dublado por Keith Ferguson), na cena em que Gabranth se passa por seu gêmeo. Na versão japonesa os dois atores "brincam" uns sobre os outros para dar a cena a qualidade de um sequência de sonho, mas os tradutores optaram por ir para o som mais "realista". O debate veio depois que a gravação foi concluída, mas havia aqueles que se irritou com o que era essencialmente uma decisão na direção que está sendo feito pela equipe de tradução (embora com a benção do diretor de voz).[2]

Música tema[]

Em Final Fantasy XII o tema de Basch é chamado de "Basch's Reminiscence", uma faixa lenta, melancólica refletindo sua tristeza e passado. Ela toca durante a fuga através da Passagem Barheim quando Basch conta o que realmente aconteceu com o Rei Raminas na noite que Basch foi acusado de seu assassinato.

Outras aparições[]

Basch também aparece nos seguintes títulos da série Final Fantasy:

Aparições fora da série[]

Basch também aparece nos seguintes títulos fora da série Final Fantay:

  • Itadaki Street como um personagem jogável.

Outras mídias[]

Jogos[]

Um avatar vestido como Basch

Usuários da comunidade Square Enix Members Virtual World podem deixar seus personagens com a aparência de Basch. Penteado de Basch custa 100 cristais e suas roupas 480 cristais.

Galeria[]

Curiosidades[]

Basch-ffxii-sprite.png
  • Matando 500 inimigos em Final Fantasy XII adiciona o sprite de Basch ao Sky Pirate's Den, premiando o jogador com o título de Blood Dancer.
  • O título de Basch dentro da Ordem dos Cavaleiros de Dalmasca difere entre as versões em japonês e inglês de Final Fantasy XII. Na versão japonesa, ele é general, enquanto que nas versões em inglês, ele é um capitão.
  • Em seu render oficial, a espada que basch usa é a Claymore.
  • Gabranth é o gêmeo mais jovem e Basch é o mais velho. Isto se torna evidente na versão japonesa de Final Fantasy XII, mas foi descartado na localização em Inglês. Isto também está na biografia de Gabranth em Dissidia Final Fantasy.

Referências[]

  1. 1,0 1,1 1,2 Final Fantasy XII Scenario Ultimania, p.016
  2. http://www.usgamer.net/articles/a-voice-for-ivalice-the-localization-and-voice-acting-of-final-fantasy-xii Uma Voz Para Ivalice: A Localização e Voz do Final Fantasy XII
Advertisement